Arquivo do mês: junho 2011

Direto de Buenos

         
Eu me mudei semana passada pra Buenos Aires (aqui o novo blog sobre a viagem), por isso demorei tanto para postar aqui. Mas ontem estava lendo o Clarín e encontrei um artigo muito interessante. Escrito por Mabel Burin, diretora de estudos de gênero da UCES, o artigo falava sobre como esta é a última geração de avós que deve apoiar as filhas no cuidado dos netos – com a intenção de deixá-las ter uma carreira fora de casa.
          Burin diz que apesar de todos os avanços na questão mulher x trabalho, ainda é largamente entendido que o cuidado dos filhos é papel dela. Então se ela quer trabalhar, além de acumular funções, tem que se virar para arrumar alguém (em geral outra mulher parente – avó, mãe, tia, irã) para cuidar dos filhos. Ou seja,  são as mulheres mais velhas que sustentam a carreira das mulheress jovens. Mas se as mulheres jovens de hoje quiserem manter suas carreiras no futuro, como a próxima geração vai poder sair para trabalhar sem esse apoio? Burin sustenta que a resposnabilidade pela edução e cuidado das crianças deve ser das mães, dos pais, e do Estado.  Você pode ler o artigo completo aqui.

Anúncios

Novos produtos engana-trouxa para perder peso

Tem mulher que acredita em cada coisa que fico até chocada. Nos Estados Unidos (onde mais?) a empresa Lytess lançou leggins de  diferentes tamanhos feitas com infusões de cafeína nos fios (oi?). Diz no site   que mulheres que usaram o produto 8 horas por dia (!) durante 21 dias (!) consecutivos perderam até 5 cm nos quadris e quase 3 cm nas coxas. Aí as gatas americanas compram aos montes e ficam o dia inteiro com essa porcaria no corpo. Até que o Good Morning America resolveu testar o produto. E (ah vá!) descobriu que não funciona.
Junto com a calça fantástica, o programa testou outra novidade do mundo do emagrecimento: uma cápsula de spas americanos da Planet Beach (que eu aposto que logo mais chega ao Brasil). A promessa é que se se você simplesmente deitar na cápsula por 30 min (e tolerar um calor de até 80 graus!) perderá 500 calorias. Diz o spa que o calor é suportado com facilidade porque o rosto das usuárias fica de fora de fora da super máquina. Mas especialistas dizem que você pode ter um infarto, sofrer desidratação profunda e ainda não perder peso algum fazendo isso.

Al Jazeera denuncia: estupros na Líbia são armas de guerra

Há alguns dias correu a notícia de que uma mulher na Líbia, Imam Al-Obeidi, invadiu um hotel onde se hospedam estrangeiros para dizer à imprensa mundial que foi torturada e estuprada por militares do governo de Muammar Kadhafi. Já se disse desde então que ela é louca, prostituta e coisas do gênero. Mas a tv AL Jazzera fez uma reportagem em que denuncia que a prática de estupro é “arma de guerra” usada contra as mulheres na Líbia. A reportagem diz que viagras e camisinhas são distribuídos para os oficiais do exécito para estimular os estupros.

General admite testes de virgindade no Egito

A CNN publicou ontem a declaração um general do exército egípcio, que admitiu que foram feitos testes de virgindade em mulheres presas  em um evento de protesto. O motivo: “Nós não queríamos que elas dissessem que nós as abusamos ou violentamos, então nós queríamos provar que elas para começar não eram virgens”, disse ele. “Nenhuma delas era virgem”. (Seguindo esse raciocínio a gente entenderia que quem não é virgem pode ser estruprada sem maiores problemas?) O evento aconteceu em março,  um mês depois da saída do presidente Mubarak – em seguida o exército egípcio tomou o poder aguardando as próximas eleições. Pelo menos 17 mulheres presas passaram pelo teste de virgindade.